3 de jun de 2009

Quero tudo de volta.

Preferi acreditar que você não sabia o que tinha acontecido e você realmente não sabia, preferi acreditar que você não seria tão insensível comigo e você realmente não foi, preferi acreditar que o que eu sentia por você já tinha passado e que o que eu sentia era só amizade, mas quanto a isso eu estava errada. Sua voz ainda me conforta, ainda sinto vontade do seu abraço, vontade de estar perto, de fazer aquelas besteiras que a gente só fazia junto, vontade de te ligar pra contar como foi meu dia, de como eu me diverti e como eu finalmente consegui o que tanto queria ou então contar como aquela professora é chata e da minha vontade de sair correndo da sala assim q ela entra ou que passei horas esperando o ônibus na chuva e o quanto eu estou cansada.
Não sei se sinto falta de você ou do que você representava pra mim, agora eu só sei que ficar sozinha é muito diferente do que eu achava, longe da paz que eu esperava, é triste e chato.

Não sei se é bem você que eu quero de volta, mas sei que quero de volta tudo o que eu sentia com você.

Nenhum comentário: