8 de jun de 2009

A bonitinha de Caetano




Desci do ônibus e saí correndo e como sempre, entrei no lugar errado, me disseram o caminha certo e voltei a correr. Achei que aquela ladeira não ia acabar mais, cheguei no fim e entrei correndo, foi quando ouvi aquela gritaria, eram os meninos me chamando. Pronto, a fila inteira já me conhecia....rs
Demorou um pouquinho, mas finalmente o portão abriu e quando o show começou lá estávamos nós, no gargarejo, bem de frente pra ele. Se engraçou com Victor, piscou pra Rike, sorriu pra Raí e me corrigiu (¬¬’). Passamos o show inteiro gritando e Caetano só rindo.
Quando terminou o show, fomos pra o camarim, só faltava ver Caetano de pertinho, mas não nos deixaram entrar. Fotos de um lado, piscadelas de outro, finalmente conseguimos transpor o primeiro portão (logo depois de Raí gritar: Calado, eu tb sou do amor!!!rs). Agora só faltava mais um portão.
Jogamos charme pra todos os lados e nada, chamei o segurança pra conversar e nada, disse q Caetano ia reconhecer a gente e de nada adiantou, o segurança só fez sorrir. Ele que me aguardasse.
Minutos depois, surge Dona Canô, linda e simpática, distribuindo sorrisos e cumprimentando todos. Eu e Raí falamos com ela, agradecemos pelos dois filhos que ela tem e ela foi ainda mais doce. Alguns minutos depois, vem Caetano, quase caio pra trás.
Corremos pra grade e chamamos ele, se aproximou da gente, segurou uma mão de Raí e uma minha, beijos, olhou pra mim e disse: Você tava bem na frente. Gelei, n consegui dizer nada. Reconheceu Raí, que ele disse que estava sentadinha lá na frente e depois se deparou com Victor. Olhou bem pra ele e disse: você é bonitinho, hein?
Foi o suficiente pra quebrar minha tensão, dei muita risada.
Depois ele saiu, tiramos foto e ele disse mais uma vez pra Victor: Você é bonitinho, hein? ( ao todo foram QUATRO VEZES) Aí ele olhou pra mim, apontou e disse: Você também é bonitinha. ( certeza que ele me achou parecida com a irmã!!!rs )
Dei muita risada e ele foi pra o carro. Não perdi a chance de sacanear o segurança, quando ele me viu já começou a dar risada. Chamei ele e disse: ta vendo q eu falei que ele reconheceria? Ele deu risada e falou: ta, você tinha razão. (ahá!rs)
Só aí que eu percebi que não tinha conseguido dizer pra Caetano o que eu queria, fui atrás dele no carro e pedi pra o segurança dar meu recado, mas o sacana não deu. Na hora que o carro tava pronto pra sair, eu vi que ele tava no banco da frente, olhei ele pelo vidro e disse: Você é lindo, lindo, muito lindo! Ele me olhou e abaixou o vidro do carro, aí eu disse de novo, ele sorriu e perguntou meu nome e depois perguntou os nomes de Raí e Victor, se despediu e foi embora.
Pra que noite mais perfeita que essa? Me diz! rs

P.S.: A foto eu coloco aqui depois que ainda não passamos pra o pc...rs

4 comentários:

Nanda Abreu disse...

Ahh amigah! sucessoo XD

hauhauhauah eu tenhu amigos q são amigos de caetano..*-*
uii kii xike benhê :P
se passe...

Victor Moraes, disse...

Amei esse texto. Uma maneira de gurdar esse momento tão único que nos deixou em transe por horas. O mito da música, caetano veloso, entregando naquelas mãos e voz abençoadas, um dos melhores momentos de nossa vida! ♥

Muito feliz de você está do meu lado em mais um momento como esse, Dan.

te amo.

Poemas e Mensagens. disse...

Invejinha boaaaaa tbm tive essa chance anos atrás ele pegou em minha cintura e dissepuxa você é alto a beça!!! Mas vocês mereceram pela persistência, sou fã de vocês. Obs o texto ficou muito bom.

Dan Souza disse...

A noite bem que poderia ter sido como qualquer outra, o show poderia ter sido como tantos outros e eu poderia ter ido embora logo depois, mas duas coisas fizeram com que fosse a noite mais perfeita dos ultimos tempos...
Primeiro: Caetano!(Sim, pq Caetano simplesmente acontece...rs)
Segundo: Do meu lado estavam os melhores amigos que alguém pode querer na VIDA!!!!

Eu amo você demais!!!=D