27 de jan de 2010



Hoje eu descobri que apesar de o mar aqui ser mais frio e mais salgado, ele é o melhor porque nele eu tenho sempre ela segurando a minha mão.

17 de jan de 2010

IV

Pra quem tinha ido dormir muito tarde aquela não era a melhor hora pra acordar, mas levantou mesmo assim. Ainda era cedo e por isso ficou um tempo deitada conversando com as amigas, não queria que o tempo passasse, estava nervosa e com um pouco de medo de encontra-lo de novo, mas ao mesmo tempo não via a hora de ter ele por perto outra vez. Saiu de casa atrasada e ainda um pouco relutante, aquela era o tipo de coisa que ela sempre condenou, era uma situação que ela disse que jamais se colocaria e ali estava ela, indo encontrar com ele sem se preocupar com as consequências.
Quando o chamou sua voz ainda estava um pouco trêmula, mas quando ele apareceu, toda dúvida desapareceu, era com ele que ela queria estar. Não precisava de mais nada, só por ter ele do seu lado já bastava, mas a manhã seria ainda melhor do que ela esperava. Foi diferente de tudo que ela tinha sentido nos últimos meses, tinha violão, livros, algumas besteiras que os fazia rir e quando ele estava nos seus braços ela só queria que o tempo parasse. Ele era melhor do que ela tinha imaginado, o tempo parecia passar muito mais rápido quando estavam juntos, mas cada minuto valia a pena, ele sabia como fazer valer.
Voltou pra casa pensando em cada detalhe daquela manhã deliciosa, não queria esquecer nada e não esqueceu. Ainda que se queira não tem como esquecer as coisas que te fazem bem e aquela manhã, bom, foi a melhor de todas.


Sim, eu me apaixonei por você!

14 de jan de 2010

São anos de amizade e anos de brigas também, algumas mais intensas e outras que a gente esquece dois minutos depois. Perdi as contas de quantas vezes eu disse "cansei", "agora já chega", "eu nunca mais quero te ver" ou "suma da minha vida", mas no fim você nunca sumia, nunca nos cansamos de verdade, a gente não tem um limite, vamos brigar sempre e nos perdoar sempre. Não é que a gente não dê certo ou que nunca se ajeite, o nosso jeito é assim e isso não vai mudar.
Passei muito tempo achando que ia mudar você ou que eu ia mudar um pouquinho pra fazer isso dá certo, mas nenhuma das opções vai acontecer. Você vai continuar me fazendo perder o controle e gritar com você, eu vou sempre te irritar o suficiente pra me dizer coisas que me magoam e no fim vamos fazer as pazes e ter um breve momento de trégua.
É complicado, como você mesmo diz, as vezes saem faíscas quando a gente se encontra, tem horas que quero te matar ou só arrancar alguns dentes com um soco (e sei que é reciproco), mas no fim a gente sempre acaba em algum lugar com a galera, um violão e muitas risadas. No final sempre dá tudo certo e que continue assim...


E até o próximo round! =D

5 de jan de 2010


Foram quase 12 horas de viagem, sendo que metade dela foi por uma estrada horrorosa, cheia de buracos, vazia e de noite. Mas que no final, valeu a pena.
Valeu a pena ver as meninas que eu não via há tanto tempo, valeu a pena salvar a tartaruga marinha, pedir um presente a Yemanjá na virada do ano e ela me presentear dias depois, valeu a pena o banho de piscina, sentir o cheiro diferente que aquele lugar tem, a água do mar quente e quase salobra, a companhia da virada do ano e ter todas elas do meu lado, todas juntas, todas de uma só vez.
Nos últimos dias eu senti como se tudo fosse eterno, como se aquilo tudo não pudesse acabar nunca, como se nós quatro pudéssemos ficar juntas pra sempre, mas quando eu vi o avião partir e por fim, eu própria ter que pegar a estrada, o sonho foi se desmontando e ficou em mim o gostinho de saudade. Por mais que vocês não estejam do meu lado hoje, eu sei que estamos juntas sempre.


E um FELIZ 2010 pra todo mundo!^^


Amo tanto vocês!!!