28 de mai de 2009

Vai ser pra sempre o meu Herói!


Fiquei durante algum tempo olhando o cursor piscando na tela pensando em como começar o texto. Lembrei de tudo que aconteceu na ultima semana, lembrei do telefonema, da chuva, do frio e daquele muro cinza enorme que parecia não acabar mais, lembrei do marinheiro na entrada e do corredor, lembrei dos olhos da minha tia e do abraço do meu primo, lembrei da capela D, das velas, da minha mão na pele fria e da voz ainda ecoando na minha cabeça: ele não resistiu. Lembrei da minha prima chorando, perguntando o que ela vai fazer agora; do abraço apertado do meu irmão, da minha mãe, chorando, repetindo o que ele dizia: tem que ta lindona! Lembrei das lágrimas de todos que o conheceram e que estavam do nosso lado, da carta que eu não pude entregar, da musica que ele gostava e que não saía da minha cabeça e daquela outra voz que me dizia: foi melhor pra ele, Dani.
Lembrei dos maçons, dos abraços que as filhas de Jó me mandaram, do Almirante, dos marinheiros fardados levando o caixão, do carrinho descendo a ladeira e por fim, lembrei do caixão descendo, da madeira e do cimento.
Hoje faz exatamente uma semana que meu avô morreu, depois de passar 35 dias internado.

E hoje tem outra música que não sai da minha cabeça e que ele sempre cantava e me mandava prestar atenção:

“Depois que eu me chamar saudade
Não preciso de vaidade
Quero preces e nada mais”

E agora, isso é tudo que posso fazer por ele. Faço minhas orações todos os dias e tenho certeza que ele ta bem.

Vô, eu te amo pra sempre e muito obrigada por tudo que o senhor me ensinou!

Um comentário:

Polly disse...

Amigah, sinto muiito
voce sabe kii apesar de nao estarmos juntas o tempo todo voce pode contar comigo sempre kii precisar viu. Eu te amo muito e pode ter certeza que te ver triste me faz triste tambem. Muita força porque tudo passa o que vai ficar sao sempre as boas lembranças. Um abraço beeem forte!!!^^
Amo Amo Amo você beijãooo