3 de abr de 2009



Texto escrito em 02/04/2009

Passei muito tempo esperando ouvir aquelas palavras de novo e ontem (justo ontem!) eu finalmente ouvi. Muitas coisas passaram pela minha cabeça, a música, as brigas, as palhaçadas, os planos, a última conversa...
Mas por mais que seja verdade e que eu sinta o mesmo, os planos foram desfeitos e tomamos outros rumos, não dá mais pra voltar atrás. Sinto saudade, sinto vontade de viver tudo de novo, mas já tinha decidido que é hora de começar uma nova história e que não vale a pena se prender ao passado.
Pode ser que muita coisa mude de hoje pra amanhã ou daqui a um mês, mas hoje as mágoas são mais vivas do que o amor que ainda sinto.

4 comentários:

Diane disse...

Sabe aquele espaço que ainda te sobra,daquilo que te foi arrancado?!Você pode não perceber,não agora, mas será preenchido de forma tão plena que só te retará a embrança vaga de que um dia faltou algo ali....

Te amo

Édille Ribeiro disse...

Sentimento nostálgico, hein amiga? Mas eh assim mesmo... Eles tbm nos fortificam!! PENSA NISSO!

te amo!

Victor Moraes, disse...

'Non, rien de rien,
non, je ne regrette rien.'

Há tantas coisas novas pra serem vividas e descobertas,pra enterrar mesmo as coisas ruins é preciso enterrar junto as boas. Afinal, tudo faz parte de um só... passado!

je repars à zéro...

Rα i sα ~ disse...

Grande Édille.
Bom, como eu 'li' de primeira mão, você já sabe minha opinião.
E, no fim, era 1º de Abril! rs