24 de jan de 2008

Eu tropeço e não passo do chão...

Não pensa mais nada
No final dá tudo certo de algum jeito
Eu me acerto, eu tropeço
E não passo do chão

Pode ir que eu aguento
Eu suporto a colisão
Da verdade na contra-mão
Eu sobrevivo
E atinjo algum ponto
Eu me apronto pro dia seguinte

Escovo os dentes
Abro a porta da frente
Evito a foto sobre a mesa
E ninguém aqui vai notar
Que eu jamais serei a mesma.



Zélia Duncan

5 comentários:

Victor Moraes, disse...

Já que ela não comenta no meu, eu não comento mais também "/

/cabô

Mαn C= disse...

daaaaani
tu está muito inspirada ultimamente, hein?


blog lindo

Fenix disse...

iaewwww menina, carnaval vai ser froid heim:???? bjooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Rα i sα ~ disse...

- podia pular o 'escovo os dentes'.

pois , Man
Dani é abençoada ~

Klarissa disse...

gostei da música ^^
pena que não sou mais a primeira q ler seus postes :///
ai que saudade de você :///


beeeeeijo!
Te Amo!