4 de fev de 2009

Pobre moça

Iludida. Deitada em sua cama, pensando nele, com a certeza de que ele também está pensando nela. Enquanto isso ele está na frente do computador dizendo a outra o quanto ela é importante, que aquela menina não significa nada pra ele, que ela nem chega aos seus pés e que quer recomeçar.
Pobre moça, se ela soubesse não teria dado aquele risinho debochado, não teria tanta segurança de que agora ele é seu. Pode ter até seu corpo e suas palavras, mas o coração dele pertence a outra, aquela que ele amou durante tanto tempo e que o amava também
Mas por um vacilo da outra ele finalmente resolveu prestar mais atenção nela, resolveu dar um chance pra que ela também tentasse fazer ele feliz. Talvez ela nem tenha notado essa mudança, mas só agora ele resolveu ser dela de verdade.



______________
Escrito em 31/01/2009

2 comentários:

Rα i sα ~ disse...

'... se ela soubesse não teria dado aquele risinho debochado ...'

Tu tá com pena, é? Eu acho que merece.
Todo castigo pra mulher idiota ainda é pouco!
[sim, eu já parei de pagar :D]

Diogo disse...

=( [2]